10 razões pelas quais sua campanha de SEO não está funcionando

Se sua campanha de SEO não está recebendo o ROI que você acha que deveria, aqui estão 10 razões comuns para isso.

Tired overworked businessman sleeping Free Photo

A otimização de mecanismos de busca é uma estratégia que a maioria de nós podemos adotar, em teoria – sabemos que praticamente todo mundo usa o Google e outros mecanismos de busca para encontrar o que precisam, por isso ter uma boa classificação nos resultados de pesquisa orgânica é uma idéia inteligente. Mas o que separa os especialistas do setor da multidão que poderia ser boa (e o que impede muitos empreendedores de atuar em SEO em primeiro lugar) é o valor do retorno sobre o investimento como a prioridade final. O ROI informa se a sua estratégia de marketing ganha mais dinheiro do que custa para produzir ou é apenas um desperdício de tempo e esforço.

Em sua campanha de SEO, se você está passando por um ROI negativo ou neutro, considere estes 10 erros e cenários que podem estar diminuindo os resultados:

  1. Você está apenas na metade. SEO não é uma estratégia para aderir a uma lista existente de esforços de marketing. Você não pode colocar 15 minutos por dia e esperar ver os resultados. Quanto mais tempo e esforço você colocar em SEO, melhores resultados você verá, e há um mínimo de esforço necessário antes de ver qualquer resultado – por exemplo, se o seu SEO no site não estiver em ordem, não importa quanto você aloque a outras táticas, como blogs e link building. Estratégias intermediárias impossibilitarão que você obtenha um ROI positivo, por isso, se você for buscar SEO, comprometa-se totalmente com isso.
  2. Você está trabalhando com a pessoa ou agência errada. Embora seja tentador ver os resultados como seu maior indicador de ROI, não se esqueça da importância da sua base de custo. Se você está pagando demais pelo SEO, mesmo os resultados de tráfego de entrada exemplificativos não conseguirão garantir um retorno positivo para sua campanha. Seja prudente nas suas decisões de investimento. Você pode contratar uma agência ou um especialista em tempo integral ou trabalhar com freelancers para planejar e executar sua campanha. Cada um tem vantagens e desvantagens.
  3. Seus links de entrada são uma droga. O desenvolvimento de links é importante, mas os links têm diferentes graus de qualidade, dependendo de suas origens, contextos e estruturas. Um link incorreto no seu perfil de link de entrada provavelmente não prejudicará suas classificações, mas um padrão de links inbound manipuladores de spam podem gerar uma penalidade manual ou algorítmica, que podem remover temporariamente ou até mesmo permanentemente seu website dos resultados de pesquisa orgânica. Verifique o seu perfil de link de entrada usando uma ferramenta como o Open Site Explorer da Moz para procurar por links que possam atrapalhá-lo – depois remova-os ou rejeite-os. Para obter bons links building que constroem a sua marca e os seus rankings, inicie uma estratégia de guest blogging.
  4. Seu conteúdo é uma merda. Conteúdo “Ruim” pode se referir a conteúdo escrito apressadamente, mal pesquisado, não original ou desinteressante para seus seguidores. Se você postar muito disso, o Google notará, e você poderá ganhar uma penalidade algorítmica devido ao algoritmo Panda, que é projetado para detectar conteúdo “magro” e penalizar sites por ter muito disso. Não é suficiente escrever blogs regularmente; você tem que oferecer ao público algo valioso.
  5. Você está prestando atenção às métricas erradas. Eu uso o termo métricas de vaidade para descrever métricas numéricas que não são especialmente importantes para sua linha de fundo. Por exemplo, ter muitos seguidores no Twitter pode parecer importante, mas uma contagem de seguidores não pode dizer o grau de envolvimento do seu público com a sua marca. Se você gasta muito tempo tentando alcançar esses números, em vez de criar relacionamentos importantes, sua campanha nunca decolará. Para ajudar a decidir o que medir, consulte O que medir semanalmente, mensalmente e anualmente em uma campanha de SEO.
  6. Suas prioridades estão erradas. Há muitas prioridades para uma campanha de SEO – garantir a otimização no local, produzir conteúdo regular, criar links inbound e engajar-se socialmente são apenas algumas delas. Se você está gastando muito tempo em um segmento de baixa prioridade de sua estratégia (como postar atualizações de notícias nas mídias sociais) e não o suficiente em um segmento de alta prioridade (como estabelecer relacionamentos com editores relevantes em seu nicho), seus resultados serão de sofrimento.
  7. Você não está visando o público certo. Não é osuficiente para ser altamente classificado no Google – você tem que ter uma boa classificação para as consultas de pesquisa que realmente importam. Se você é uma concessionária de carros e está classificado por palavras-chave e frases que têm a ver com litígios de ação coletiva, não importa o quão alto você é classificado ou quanto tráfego você recebe desses rankings. Certifique-se de segmentar os segmentos certos de sua demografia e atualizar suas estratégias de acordo. Para obter ajuda com isso, consulte Como identificar palavras-chave de cauda longa para sua campanha de SEO.
  8. Suas taxas de conversão são ruins. As taxas de conversão são o último gateway que pode impedir que um visitante agnóstico se torne um cliente completo. Você pode estar recebendo milhares de visitantes de páginas de resultados de mecanismos de pesquisa, mas se as taxas de conversão forem baixas, nenhum desses tráfego se traduzirá em receita significativa. Otimize seu site para conversões com uma cópia concisa e atraente; Chamadas de ação simples e visíveis; e sinais de confiança.
  9. Você tem visão de túnel. É claro, é possível que você já esteja ganhando um ROI positivo e ainda não tenha percebido isso. Tráfego orgânico e conversões são importantes para calcular o valor de uma campanha de SEO, mas eles não são tudo. Pense nos fatores intangíveis e menos mensuráveis ​​que seus esforços de SEO produziram, como o aumento da exposição da marca e uma reputação geral aprimorada. Certifique-se de considerar estes em seus cálculos.
  10. Você é impaciente. Finalmente, lembre-se que SEO é uma estratégia que compensa em retornos compostos. Durante os primeiros meses, é normal e esperado que você veja um ROI negativo. À medida que você começar a investir mais tempo na estratégia, seu ROI aumentará, portanto, não se preocupe, a menos que você já esteja

O que o Google Ads pode fazer pela minha loja virtual?

Google Ads é uma excelente ferramenta estratégica para alavancar as vendas da sua loja virtual
Google Ads é uma excelente ferramenta para alavancar as vendas

Você sabia que o Google Ads ainda é o número 1 em conversão quando se trata de tráfego com intenção de compra?

Neste artigo, explicamos por que você já deveria estar trabalhando com a plataforma de anúncios do Google e como otimizar suas campanhas para aumentar as vendas da sua loja virtual.

Bem-vindo ao maravilhoso mundo do Google Ads para lojas online!

O que é o Google Ads e para que serve?
O Google Ads é uma plataforma de publicidade PPC (Pay Per Click – Pague por click) do Google que permite que você apareça nos resultados da pesquisa que o seu público-alvo realiza.

Isso significa que os anunciantes que você vê na parte superior só pagarão se clicarmos em seu anúncio. Eles não pagam só porque aparece.

Não se preocupe se não ficou claro para você, que explicamos agora como funciona.

Como o Google Ads funciona?
A operação do Ads é muito mais fácil do que você pensa.

Vamos dar um exemplo e imaginar que você tenha uma loja online que vende relógios de parede. Nesse caso, seus anúncios são exibidos quando alguém pesquisa no Google “comprar relógios de parede”. Isso ajuda o algoritmo do buscador do Goodle entender que você está muito interessado.

Para aparecer para essa palavra-chave, você precisa definir um lance (indicar quanto deseja pagar para que seu anúncio seja exibido).

O que acontece se você não vencer e seu anúncio não estiver sendo exibido?

Nada realmente, porque sendo um sistema de PPC, você não seria cobrado. É por isso que o CPC (custo por clique) é a métrica mais importante para os anunciantes no Google Ads.

Mas tenha cuidado, porque o Google não apenas valoriza o lance do seu anúncio, mas também informa a experiência do usuário na web.

Para explicar de forma simples, poderíamos dizer que o Google faz uma pontuação média de acordo com a qualidade da página e o lance que você definiu.

Entre todos os anunciantes, aqueles que obtiverem a maior pontuação neste exame serão aqueles que aparecerão nos resultados.

Qual é a experiência do usuário?
O Google mede a interação da pessoa com a web depois de clicar. Por exemplo, classifique estes dois critérios negativamente:

-Sair da web muito rápido (ele entende que você não gostou do que viu).
-Você não clicou (novamente, isso é um sinal de que algo não foi bem).

Portanto, lembre-se de que, se você quiser anunciar sua loja online no Google Ads, precisará cuidar antes do design, da usabilidade, da arquitetura da Web, da experiência do usuário, etc.

O que é um lance no Ads?
Um lance no Google Ads é o valor máximo que você está disposto a pagar por cada clique em seu anúncio, seu CPC máximo.

Quando você cria uma campanha, na primeira página você encontrará um espaço para inserir o valor.

Você não deve esquecer que o Google ganha dinheiro quando as pessoas clicam no seu anúncio. Se você deixar seu lance de mão, provavelmente gastará mais do que se otimizar o anúncio.

O ideal é que você o defina manualmente e trabalhe na campanha ao longo dos dias.

Outro fato importante é o orçamento diário total da campanha. Se você quiser gastar apenas R$10 por dia, insira-o na caixa “Orçamento”.

Promova seus produtos de sua loja virtual no Google Ads AGORA!

Como muitas outras estratégias de marketing digital, você terá que tentar até encontrar a chave para aproveitar ao máximo suas campanhas.

Mas não se esqueça de que aqui você joga com a grande vantagem de controlar o que gasta.

Se você já se sente convencido em utilizar dos recursos dessa grande plataforma e precisa de um profissional, fale conosco…e vamos VENDER!

5 Dicas para criar uma boa estratégia de Link Building

Link Builnd é referência em compartilhamento
Nós entendemos o Link Building assim.

No mundo do SEO, há muitas estratégias e formas de trabalhar, entre elas a aquisição de links, tecnicamente chamada de link building, que para muitos especialistas em SEO podem ser considerados a parte mais importante para começar a crescer nas posições dos resultados de pesquisa do Google, no entanto, para outros, essa prática também pode ser contraproducente.

Para dar uma ideia do que estamos falando, vamos resumir um pouco sobre o que é SEO (você pode ler mais sobre SEO em nosso artigo O que é SEO?).

O posicionamento na Web é uma estratégia na mídia digital, que consiste em criar um site para ocupar as primeiras posições em cada pesquisa que um usuário faz em um dos mecanismos de busca como Google, Bing, Yahoo, Duck Duck Go, etc.

Essa estratégia de mídia digital consiste em várias etapas e fatores, entre os quais os mais conhecidos e até importantes: análise de palavras-chave, otimização de conteúdo, otimização técnica e criação de links ou aquisição de links.

O que é a aquisição de links ou link building?
A aquisição de links, é adquirir que outros sites (sejam blogs, fóruns, diretórios, notícias, wikis ou outros) referenciem você, ou seja, que eles coloquem um link para as páginas do seu site, porém existem formas diferentes. Para conseguir isso de acordo com os critérios de alguns especialistas em SEO, todos precisam cumprir certas regras padrão que darão um melhor resultado em termos de qualidade do trabalho.

Agora, deixando de lado as razões e fundamentos do porque ou não usar estratégias de link building, e partindo da idéia de “não importa o que você faz, o que importa é que você faz bem”, aqui vamos deixar 5 dicas que são extremamente importante ao lançar uma estratégia de link building para sua campanha de SEO. Let’s go!

  • Os links devem ser naturais
    Devido às constantes mudanças nos algoritmos do Google, um link não pode ser artificial, ou seja, os links comprados ou adquiridos à força podem ser prejudiciais ao SEO, por isso muitos especialistas em SEO recomendam a criação de um bom conteúdo que os encoraje a serem compartilhados em outros blogs naturalmente.
  • Uso excessivo de palavras-chave exatas
    O uso excessivo de palavras-chave exatas nos links (texto âncora, palavra-chave) pode resultar em que o conteúdo no qual o link está incluído possa ser otimizado, até mesmo alarmando os sistemas de monitoramento do Google, sendo possível uma penalidade que incluiria até mesmo o Retirada total do site nos resultados da pesquisa. Para evitar isso, é recomendável que o conteúdo em que estamos vinculados não tenha a palavra-chave exata repetida várias vezes, melhor se o texto for algo mais natural.
  • Melhores links dofollow que nofollow
    Existem 2 tipos de links, o dofollow e o nofollow, com os links dofollow, você estará dizendo ao Google para seguir esse link, ao invés disso, com o nofollow ele é impedido de seguir esse link.

É necessário mencionar que cada site possui algumas métricas, que são um tipo de pontuação que é atribuída de acordo com a qualidade, idade e importância do site, portanto, cada vez que um site se vincula a outro, isso passa uma certa parte dessa autoridade, daí a importância do link building para muitos especialistas em SEO.

  • Freqüência de link natural
    Muitos acreditam que fazer link building é obter links, sem ter nenhum controle, no entanto, a realidade é que isso pode ser muito prejudicial para o site funcionar, já que o natural é que você obtenha links progressivamente , de forma natural e espontânea, e não ter 100 links de uma só vez, com isso, a única coisa que vamos conseguir é fazer com que os alarmes do Google saltem e coloquem os olhos no nosso site.
  • Use apenas sites de qualidade e seguros
    A aquisição de links deve ser apenas de sites seguros e de qualidade, então saber diferenciar os sites é algo importante, por exemplo, um fator para determinar se um site que nos linka é de qualidade, é a relevância, se o tema do site é o mesmo ou relacionado ao site para vincular.

Sites pornográficos, vírus, vulneráveis ou qualquer conteúdo semelhante a estes, pode ser muito negativo, melhor evitá-los.

Como você pode ver, essas 5 dicas são apenas alguns dos fatores a serem considerados para empreender uma estratégia de construção de links eficaz e de qualidade, há muitos outros, nós convidamos você a procurar informações sobre isso, há muito a aprender na Internet sobre Estratégias de mídia digital.

E você? Você tem outras idéias? O que você acha dessas 5 dicas? Adoraríamos receber seu feedback aqui nos comentários.

O que é SEO?Como aparecer no Google

O que é SEO e como aparecer no Google
Campanha de SEO

O QUE É SEO?

Uma resposta rápida seria definir SEO, é um acrônimo para Search Engine Optimization que em português Otimização do Mecanismos de busca. Basicamente é o processo de fazer com que o nosso site seja mais fácil de contrar entre os primeiros resultados nos mecanismos de busca como google, yahoo, bing e entre outros.

E encontrar-nos bem posicionados nos resultados do mecanismo de busca resultará em mais pessoas entrando em nosso site e maiores oportunidades de fazer negócio.

Para entender como podemos otimizar nosso site e atingir esse objetivo, primeiro precisamos nos concentrar no trabalho que o mecanismo de pesquisa desenvolve. A finalidade dos mecanismos de pesquisa, como o Google, por exemplo, é encontrar e entender todo o conteúdo da Internet e, em seguida, fornecer resultados mais relevantes e confiáveis ​​para qualquer pesquisa que um visitante possa fazer.

Aqui estão duas partes, autoridade e relevância, vamos primeiro falar sobre relevância. Quando um usuário procura por algo, digamos como exemplo “comida para cachorro”, o mecanismo de busca, em nosso exemplo do Google, quer mostrar os resultados mais relevantes para o tópico comida para cachorro.

Google

O mecanismo de busca fará uma busca em todos os sites que possui em seu banco de dados e selecionará aqueles que forem mais relevantes para a busca. O buscador determina o melhor resultado levando em conta diversos fatores, como o caminho em que seu conteúdo é escrito, código HTML, se tiver um bom significado semântico e se outros sites estiverem vinculando sua Web. E todo esse método é parte de um algoritmo muito grande, complexo e muito exclusivo. No final de todo esse grande processo, o buscador é capaz de classificar todas as páginas e exibi-las em ordem de relevância para a pesquisa que o usuário inseriu, comida para cachorro.

Entender como um mecanismo de pesquisa funciona é essencial para o SEO, pois os mecanismos de pesquisa também são capazes de distinguir entre o conteúdo mais relevante e outros resultados que também podem ser relevantes para essa pesquisa, como treinamento de cães ou coleiras de cães.

Os motores de busca são capazes de entender um pouco sobre as conexões semânticas e temáticas entre palavras e conceitos. Tome outro exemplo: Voos para Bolivia. Um mecanismo de pesquisa sabe que as páginas que vendem passagens aéreas para Bolivia são extremamente relevantes para essa pesquisa, mas também sabe que sites sobre hotéis em Bolivia também são relevantes. Você também sabe que um site que promove coisas como guias turísticos e locais de interesse na Bolívia também pode ser relevante para a pesquisa, mas talvez não tanto.

O outro fator que influencia os resultados do mecanismo de pesquisa (otimização de sites) é a Autoridade.

Pense nisso, a Internet é um ótimo espaço onde praticamente qualquer um pode publicar qualquer coisa em seu próprio site, então por que um mecanismo de busca, seja o Google, Yahoo, ou outro, deve prestar atenção ao conteúdo do seu site?. Uma maneira muito comum em que os mecanismos de pesquisa determinam a autoridade de um site é através dos links de outros sites (link building) para o seu conteúdo. Você pode pensar em um link como um voto para o seu site. Quando outro site está nos adicionando em um link, o que está dizendo aos olhos do mecanismo de busca, ei! Eu gosto deste site e dou-lhe a minha confiança, tanto que estou adicionando um link para ele. Interprete essa ação como um voto de confiança. Os buscaodres quando navegam em todos os sites da internet podem encontrar todos os links que apontam para o seu site, armazenar essas informações e, em seguida, ele é usado para determinar sua relevância em uma pesquisa.

link building é um voto de confiança
link building

Mas é importante saber que este não é um concurso de popularidade, onde devemos ganhar o máximo de votos possíveis. Os motores de busca têm sistemas de segurança com os quais evitam este tipo de abuso ou SPAM de links, já que prestam mais atenção à qualidade dos links do que à quantidade.

Por exemplo, um site terá mais confiança em um link proveniente de um site respeitado ou relacionado ao setor, ou a um site governamental ou educacional. Um link de um site que tem um mês e não tem nada a ver com o seu setor, não terá qualquer valor para os mecanismos de pesquisa, já que aos olhos do mecanismo de pesquisa nem todos os links têm o mesmo valor e portanto, nem todos os links terão o mesmo peso ao dar o seu voto ao seu site, a maneira pela qual o valor do link é determinado é através da autoridade do site.

Veja sobre relevância diretamente da página de suporte do Google: https://support.google.com/google-ads/answer/14089?hl=pt-BR

Compreender a importância da relevância e da autoridade para os buscadores é a chave para criar uma otimização de site focada em resultados dos mecanismos de pesquisa, o que acaba resultando que o nosso site seja exibido mais vezes como resultado da busca das pessoas, e trará muitos visitantes à nossa web.

5 Dicas para melhorar o posicionamento

Person with a light bulb head standing out illustration Free Vector
Sair na frente essa é a idéia principal

Muitas pessoas acreditam que aplicar SEO é difícil, mas isso não é tão verdade. As configurações básicas de SEO são muito fáceis de implementar e, às vezes, isso é tudo o que você precisa fazer para obter a maior
exposição nos principais mecanismos de pesquisa. Porém a nossa proposta é te apresentar um pouco do que utilizamos no dia-a-dia para melhorar o posicionamento dos nossos clientes nos buscadores.

1. A otimização de títulos, URL e descrições:

Sale comic page design with discount symbols flat isolated vector illustration Free Vector
Chamadas arrasadoras


Esta é provavelmente a dica mais antiga da indústria de SEO, mas ainda é a mais importante. Dê uma olhada nos exemplos abaixo:

Faça-se as seguintes perguntas:
– Qual deles é mais descritivo?
– Qual deles é mais cativante e amigável para o usuário?
– Qual deles dá uma boa ideia do que é o site sem clicar nele?
– Se você viu ambos sites nos resultados de pesquisa, qual você escolheria?

Tenho certeza de que o primeiro exemplo é sua resposta às perguntas acima e isso é esperado porque apresenta coisas como:
• Um título único e significativo.
• Uma descrição cativante.
• Uma URL bem formatada.

Examine seu site com este raciocínio e se houver espaço para melhorias nos seus títulos e descrições, esta é sua primeira prioridade e um ótimo primeiro passo para obter melhores classificações.

Os títulos e as descrições das páginas são exibidos nos resultados da pesquisa. Portanto, aproveite esta oportunidade e “anuncie” seu website para os usuários potenciais da melhor maneira possível.

Ok, o que foi apresentado é uma ótima dica, mas e o diferencial que dissemos? Nós consideremos a ação proposta, importante, porém mecânica pois não houve a seguinte consideração: Quais são as frases e comentários mais repetidos entre o grupo ou comunidade de potenciais clientes? Que tipo de perguntas normalmente fazem? Quais as palavras e frases com maior repetição? Essas perguntas ajudam a encontrar padrões de comunicação que fazem com que sua ação fale a mesma lingua deles.

2. Fornecer conteúdo útil e novo

Worker reading news with tablet Free Photo
Prender a atenção do usuário, esse é o objetivo

Uma das razões pelas quais você tem um site ou blog é para fornecer conteúdo com o objetivo de criar um público, manter seus leitores atuais satisfeitos ou conquistar novos clientes.

Por conteúdo, queremos dizer qualquer coisa, desde artigos, vídeos, infográficos, apresentações de slides, músicas, comentários, críticas ou qualquer outra coisa que seja adequada a sua área de trabalho.
Se o seu conteúdo é estático, antigo ou desatualizado, muito provavelmente seus visitantes irão embora rapidamente e nunca mais voltarão.
Qual é a sua primeira reação quando você visita um site com conteúdo desatualizado? É exatamente a mesma reação que os usuários têm quando visitam seu website.

Há alguns anos, costumávamos dizer aos nossos clientes que a atualização do conteúdo não era um fator de SEO muito importante, mas isso mudou com o tempo devido à concorrência.
Há uma grande concorrência em cada palavra-chave (tag) que você pesquisa e os sites que têm conteúdo mais útil e atualizado, têm maiores chances de vencer a corrida.

Isso significa que você precisa postar novos conteúdos diariamente? Não necessariamente, sua estratégia de publicação também depende de diversos fatores.

Em nosso trabalho diário e em pesquisas comportamentais, o que conseguimos identificar é que o conteúdo desejado pelo grupo ou comunidade interessados no produto e/ou serviço que você oferece normalmente aparece em redes sociais, principalmente youtube.

Colectamos vários comentários, dos mais diversos segmentos e utilizando um software de inteligência artificial, que nós mesmos criamos, segmentamos de maneira que facilita a obtenção de insights para a criação de conteúdo útil e novo, conseguindo melhorar o posicionamento da web.

3. Cuidado com o tempo de carregamento do seu site

Money background design Free Vector
Tempo é dinheiro

Se esta é a primeira vez que você está lendo que a velocidade da página é importante para SEO, após a leitura deste post, você deve fazer o que for necessário para melhorar o tempo de carregamento do seu site.
Se você já leu sobre isso antes e ainda não fez nada a respeito, está cometendo um grande erro.

Por que a velocidade de carregamento do meu site é importante? Para responder essa pergunta temos as seguintes informações:
a) A velocidade da página é um fator de classificação de SEO: Se você tem dois sites semelhantes e um é mais rápido do que o outro, você pode esperar que ele também se classifique mais alto (desde que as outras coisas sejam iguais).
b) Sites mais rápidos geram mais conversões: Isso significa mais vendas, mais assinantes e mais cliques em seus anúncios (se você estiver usando Adsense).
c) Mais visualizações de páginas: quando um site é carregado rapidamente, os usuários provavelmente visitarão mais de uma página antes de sair.
d) Como você pode melhorar a velocidade do seu site? Eu sei que não é uma tarefa fácil, especialmente se você não é uma pessoa com conhecimento técnico, mas é importante lidar com a velocidade da página
sem mais atrasos.

Ao trabalhar com clientes, a velocidade da página dos websites está entre as primeiras coisas que manipulamos e os resultados em termos de conversões são às vezes imediatos.
Se você não puder contratar um especialista em SEO ou um desenvolvedor para acelerar o carregamento de seu site, o que você pode fazer é o seguinte:
• Remover imagens grandes (que ocupam muito espaço).
• Remova os arquivos JavaScript desnecessários.
• Use sprites (um objeto gráfico bi ou tridimensional que se move numa tela sem deixar traços de sua passagem) em vez de imagens pequenas, com o objetivo de minimizar redirecionamentos http.
• Mover teu site para um provedor de hospedagem mais rápido.
• Use um serviço de Content Delivery Network (CDN).
• Use os recursos do Google para obter mais dicas e ferramentas que melhorem a velocidade do teu site.

4. Verifique de que seu site é compatível com dispositivos móveis

Os dispositivos móveis são a tecnologia da vez

Existem muitas razões pelas quais o seu site deve ser compatível com dispositivos móveis.
Em primeiro lugar, é o fato de que a maioria dos usuários é proveniente de dispositivos móveis. Se você consultar seus relatórios do Google Analytics e, especialmente, o relatório “Mobile Overview” (Visão geral sobre dispositivos móveis), você perceberá que mais de 70% do tráfego é proveniente de dispositivos móveis.
Isso significa que, se seu site não estiver otimizado para visualização em dispositivos móveis, essas pessoas deixarão seu website e provavelmente nunca mais voltarão.

Em segundo lugar, o Google introduziu um “mobile-first index” (primeiro índice móvel), que é usado para indexar sites para telefone. Gradualmente, este índice móvel servirá todos os usuários que interatuam
através dos seus telefones.
Se o seu site não for compatível com dispositivos móveis, ele não fará parte do índice para dispositivos móveis do Google, o que significa uma enorme perdida no tráfego.

O que você deveria fazer? Aqui deixamos três etapas simples:

#1 – Teste seu website com o “Google Mobile Friendly Test” (Teste Amigável para celular feito pelo Google) e tente implementar as recomendações do próprio para tornar seu website otimizado para telefones.

# 2 – Verifique de que o conteúdo exibido para usuários de dispositivos móveis seja o mesmo (ou semelhante) do conteúdo que você tem na versão do computador. Isso inclui conteúdo, imagens e links. Se você já tem um site responsivo(websites renderizados em uma grande variedade de dispositivos e tamanhos de janelas), isso não deve ser um problema.

# 3 – Teste seu site com o “Google mobile speed test” (Teste de velocidade do Google para telefone). Eu mencionei acima que a velocidade é importante para o SEO, portanto, para os sites em telefones também é algo essencial.

Meça quanto tempo leva para carregar seu website em conexões móveis normais (3G) e tome todas as ações necessárias para melhorar a velocidade o máximo possível.

5. Melhore a performance com o Google Search Tools

Ser humilde e aceitar que o Google já fez por você

Registre seu site com as ferramentas de webmasters do Google e Bing:
Não ter seu site registrado com as ferramentas de webmaster é como dirigir com os olhos fechados, aqui nesta última dica estamos lidando com o “EGO”.
Isso é um fato, e não consigo pensar em nenhuma razão válida para que você não aproveite a infinidade de informações fornecidas pelo Google e pelo Bing.

Algumas pessoas acreditam que, ao não registrar seu website no Google, você pode “ocultar” itens deles, passar despercebido e chegar ao topo dos resultados da pesquisa. Este não é um jogo de ‘esconde-esconde’, bons rankings só podem ser alcançados se você seguir métodos e técnicas válidas.
Para que conste: Google já sabe tudo o que precisa saber sobre o seu site, com ou sem enviá-lo para as ferramentas do Google para webmasters.
Depois de passar pelo processo de registro e realizar algumas configurações básicas, você será notificado se houver um problema com seu website e também começará a analisar alguns fatos interessantes sobre o seu site, como:
• Número de páginas de índice (Index pages).
• Número de links para o seu site a partir de outro site.
• Consultas de pesquisa.
• Erros de rastreamento que ocorrem quando um mecanismo de pesquisa tenta acessar uma página em seu site, mas falha.
• Número de links internos.

Conclusão:
As 5 dicas acima são simples, mas ao mesmo tempo também são muito importantes. Se você tiver um blog, uma loja de comércio eletrônico ou um site voltado para conteúdo e não estiver obtendo tráfego dos mecanismos de pesquisa, então você precisa garantir que implementou as 5 dicas
acima corretamente.